Cachos, você sabe identificar o seu?

agosto 5, 2018 9:15 am Publicado por

Você consegue identificar o tipo dos seus cachos? Não? Chegou a hora de aprender.

É importante saber ao certo qual é a sua textura capilar, pois isso te ajuda a escolher a melhor maneira para cuidar do seu cabelo.

Você já ouviu falar das classificações 2a á 4c? Se sim, você sabe o que elas realmente significam? É sobre isso que vamos falar hoje.

 

Aprenda sobre seus cachos

Os cachos são divididos em três categorias: ondulados, cacheados e crespos, que representam respectivamente os números 2, 3 e 4.

  • Tipo 2 – Ondulados

 

O tipo 2 é uma espécie de meio termo, não é cacheado e nem liso. Suas ondas fazem um formato de S e no geral costumam possuir pouco volume. Geralmente as raízes são mais lisas e os cachos se formam na ponta e no comprimento.

Cachos tipo 2

  • Ondulados 2a 

Suas ondulação são leves e apresentam pouquíssima definição, sendo assim é o tipo mais próximo do liso.

  • Ondulados 2b

Um pouco mais definido do que o tipo 2a, suas ondas começam pelo comprimento, entretanto ainda apresentam pouco volume.

  • Ondulados 2c

Os fios são mais grossos e as ondas são mais marcadas, por isso possuem mais volume.

  • Tipo 3 – Cacheados 

O tipo 3 são os cachos mais definidos e costumam apresentar mais ressecamento do que os ondulados. Na maioria das vezes são mais volumosos, densos e propícios ao frizz.

cachos tipo 3

 

  • Cacheados 3a

Tem cachos maiores e mais abertos, seu volume e definição são maiores do que no tipo 2c.

  • Cacheados 3b

Formam cachos médios e em espiral, apresentam volume e vária entre mais ou menos definição de fio para fio.

  • Cacheados 3c

Cachos definidos e fechados, seus fios são mais grossos.

  • Tipo 4 – Crespos 

O tipo 4 tem a textura mais fina e frágil, embora sejam volumosos não são tão grossos quanto os cacheados. Eles possuem tendência a serem ressecados e portanto não têm tanto brilho quanto os outros tipos.

Cachos tipo 4

 

  • Crespos 4a

Cachos pequenos e apertados, os fios são bem enrolados desde a raiz, e ganham volume com facilidade. Entretanto são mais finos e sensíveis.

  • Crespos 4b 

São densos e possuem um formato de Z. Bem como o 4a também tem fios mais finos, frágeis e possuem fator encolhimento extremo.

  • Crespos 4c

Seus cachos são muito estreitos e quase imperceptíveis, dessa forma seus fios ficam bem juntos e são extremamente frágeis.

Dicas para cada tipo de cacho:

  • Tipo 2

Tome cuidado no momento da aplicação dos produtos, principalmente se forem para finalização. Portanto, evite aplicar o produto na raiz e não exagere na quantidade para não pesar os seus fios. Da mesma forma, tome cuidado também no momento do corte, procure entender e aprender qual é o corte certo para o seu cabelo

  • Tipo 3

Por apresentarem maior chance de ressecamento é necessário hidrata-los com maior frequência, desta forma seus fios irão ficar mais saudáveis, fortes e com muito brilho. Ao finalizar não esqueça do creme de pentear para dar mais definição e volume aos seus cachos. Se você quer volume, então amasse os seus cachos e desgrude os fios da raiz, um pente garfo também pode ser seu aliado nessa tarefa.

  • Tipo 4

Use pentes de dentes largos, os fios dos cabelos tipo 4 tendem a ser mais finos e frágeis, por isso é extremamente importante evitar tudo aquilo que de algum modo pode maltratar o seu cabelo. Aposte e produtos que colaborem para a hidratação dos fios e da mesma forma diminua a frequência das lavagens, deste modo você dificulta o ressecamento de forma mais acelerada.

Vale ressaltar que em um mesmo cabelo pode existir combinações de várias texturas, portanto não se assuste se você se identificar com mais de um tipo de cabelo.

Cada cabelo possui características bastante especificas e particulares, as classificações e dicas existem para te nortear durante a busca de conhecimento dos seus fios. Por isso criamos esse post, para ajudar as nossas cacheadas a se encontrarem, identificarem e se adaptarem aos seus cachos.

E aí, o post te ajudou a reconhecer o seu tipo de cacho? Esperamos que sim, pois depois disso tudo ficará mais claro e fácil para encontrar os cuidados corretos.

Leia mais sobre esse assunto no blog Desventuras de uma cacheada clicando nesse link 

Categorizados em:

Este artigo foi escrito porbrunocesar

Comentários estão fechados.